Skip to content

Por que os livros são tão caros no Brasil?

January 2, 2013

002

 

Como é comum nesta época de festas/final de ano, participei de vários amigo ocultos e confraternizações familiares. Como também é costume, tive de comprar várias “lembrancinhas” para presentear meus amigos, colegas de trabalho e familiares. Visando sempre a contribuir com o enriquecimento cultural alheio, sempre que possível tento dar como presente livros, DVDs e outros produtos culturais, pois acredito que o conhecimento é um dos poucos bens alienáveis que o ser humano tem. E aí começou o meu drama: como comprar presentes culturais sem ir à falência?

Sim, porque livro no Brasil virou artigo de luxo. Apenas dois exemplos: eu queria comprar para presentear um amigo a edição do “Crime e Castigo” da Editora 34. Como é notório, o livro está em domínio público, sendo certo que a editora só teve de pagar direitos autorais ao tradutor, visto que encomendou uma nova tradução direto do russo. Quando vi o preço, quase caí para trás: mais de 70 reais por uma brochura! Passei pela mesma situação quando fui comprar para mim a nova edição do diário de Frida Kahlo, editada pela José Olympio. Qual não foi a minha decepção quando constatei que, ademais da edição ser tremendamente desorganizada e descuidada, o preço era totalmente descolado da realidade: mais de 90 reais por um livro de cerca de 200 páginas.

E eu poderia ficar horas aqui falando de preços abusivos de livros. Como justificar tamanho descalabro? O sistema tributário brasileiro, que é sempre o “mordomo” quando se trata de justificar preços absurdos, desta vez não pode ser o culpado, pois a Constituição brasileira garante imunidade tributária ao papel para livros e o setor editorial pode se valer da Lei Rouanet para captar recursos. No caso do clássico de Dostoievski, os direitos autorais também não podem ser apontados como a causa do preço maluco, pois, como já disse acima, trata-se de obra em domínio público. E nem se diga que a culpa é do pequeno mercado brasileiro, no qual um livro com tiragem de 3.000 exemplares é um sucesso editorial: mesmo livros que são sucessos estrondosos (como a trilogia “Cinquenta tons de cinza”) saem caro, bem caro. Aliás, é importante ressaltar que a receita obtida com Best-sellers poderia ser utilizada para subsidiar livros com menos procura e até mesmo os chamados “long lastings” (livros que saem pouco, mas saem sempre).

Frise-se, também, que a culpa pelos preços altos não pode ser atribuída aos altos gastos com edições caprichadas, pois, exceções honrosas feitas à Cosac Naify e uma meia dúzia de editoras, as edições brasileiras estão longe de ter a sofisticação das edições estrangeiras, pecando pelas traduções de má-qualidade (especialmente em se tratando de livros de língua espanhola, cujas traduções parecem ter sido feitas pelo Google Translator), revisões mal feitas, livros com capa colada e outros horrores.

Assim, fica a pergunta: por que os livros brasileiros são tão caros?

From → Uncategorized

2 Comments
  1. Mariam permalink

    Êeeeee, vou (tentar) acompanhar o blog!😀
    Primeiro: Aline, quer me tirar forever em amigos ocultos? Por que será que ninguém entende que eu amo ganhar livros (e filmes) de presente???😛
    Acabada a lamúria, já me perguntei isso várias vezes… Às vezes acabo me rendendo a edições de bolso, ou fico esperando mto tempo por promoções pra comprar alguns livros. E nessa, acabo me restringindo a minha “lista de desejos literários” e não me arrisco a novos autores, novas histórias…
    E amei sua iniciativa de fazer um blog! Estou há meses pensando o mesmo, se devo ou não fazer um… Sua atitude me deu mais um incentivo. =)
    Bjins!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: