Skip to content

Minha “santa de devoção”

January 27, 2013

009

 

 

Demorou, mas finalmente arrumei um tempinho para atualizar o blog. E resolvi fazê-lo aproveitando uma efeméride para fazer uma homenagem à minha “santa de devoção”: Audrey Hepburn, que nos deixou há 20 anos. Audrey Kathleen Ruston (seu nome verdadeiro) nasceu na Bélgica e era filha de um banqueiro inglês e de uma nobre holandesa. Apesar de origem tão privilegiada, sua adolescência foi traumática em razão da 2ª Guerra Mundial. Quando a guerra eclodiu, Audrey e sua mãe viviam em Arnhem, cidade holandesa ocupada pelos nazistas, tendo passado fome e visto muitas pessoas morrer – isto sem contar a deportação do irmão de Audrey para um campo de concentração. Muitos atribuem a magreza característica de Audrey às privações e aos sofrimentos resultantes da guerra, durante a qual trabalhou como dançarina para entreter as tropas dos Aliados e para arrecadar fundos para a Resistência (aliás, para quem quiser saber mais sobre o período, a própria Audrey tratou do assunto durante o teste para o papel principal de “A princesa e o plebeu”, o qual integra os “extras” do DVD).

Após a guerra, Audrey passou a atuar como dançarina e atriz no West End londrino, tendo despontado para o estrelato com o musical da Broadway “Gigi”. Por conta de “Gigi”, Audrey foi convidada para fazer um teste para “A princesa e o plebeu” (“Roman Holiday” no original), tendo impressionado seu colega de cena Gregory Peck. Seu desempenho como a princesa que quer viver como uma pessoa comum acabou lhe rendendo um Oscar e a oportunidade de uma carreira em Hollywood. Mas foi “Sabrina” o filme que deu início ao mito Audrey Hepburn.

É inesquecível a cena em que Audrey surge em cena vestindo um tomara-que-caia Givenchy e encarnando a quintessência da elegância e do charme – assim como as suas cenas como o vestido preto de laço, também um Givenchy. Seu magnetismo pessoal, aliado à química com o astro Humphrey Bogart, transformou uma comédia romântica comum em um clássico. Esse magnetismo se faria presente em outros clássicos como “My fair lady” (em que Audrey está soberba tanto como a Eliza Dolittle pobre como a Eliza pós-Professor Higgins), “Cinderela em Paris” (com figurinos inesquecíveis de Givenchy, belíssima fotografia de Richard Avedon e uma inspirada parceria com Fred Astaire) e “Charada” (formando uma dupla elegantérrima com Cary Grant). Mas o papel que a tornou definitivamente uma lenda foi Holly Golightly, a prostituta de luxo de “Breakfast at Tiffanny’s”. A abertura do filme – em que Audrey, impecável em um Givenchy preto, come croissants em frente à vitrine da famosa joalheria americana – é uma das cenas clássicas do cinema de todos os tempos. Audrey pode não ter ganhado o Oscar pelo papel (apesar de ter sido indicada, a vencedora daquele ano foi Sophia Loren, por “Duas mulheres”), mas esse papel a tornou um ícone definitivo da moda e do cinema – até porque não é fácil emprestar graça, elegância e discrição a uma prostituta de luxo ao ponto dos espectadores torcerem pela personagem.

No plano pessoal, Audrey sofreu em dois casamentos infelizes (um deles com Mel Ferrer, seu colega em “Guerra e Paz”) e se destacou por sua atuação humanitária em uma época em que não era moda entre as estrelas de Hollywood fazer tours pela África. Sua atuação junto à UNICEF ajudou a chamar a atenção do mundo para graves crises humanitárias e tomou tamanha proporção que Audrey deixou sua carreira no cinema para se dedicar apenas à causa das crianças desassistidas do mundo.

Audrey faleceu de câncer em 20 de janeiro de 1993, deixando órfãos milhões de fãs. Seus esforços humanitários foram reconhecidos com um Oscar póstumo e foi criada uma fundação com o seu nome para dar continuidade ao seu trabalho. Seu legado de elegância e preocupação com o próximo ainda inspiram muita gente – inclusive eu.

 

From → Uncategorized

Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: